LEI PROMULGADA Nº 282, de 19 de junho de 1957

Procedência: Câmara Municipal de Capinzal

Natureza: PL.42/57

Promulgada de acordo com a C.E

DA. 287 de 09/07/57

Fonte: ALESC/Div.Documentação

Aprova lei municipal

O DEPUTADO RUY, HÜLSE, PRESIDENTE DA ASSEMBLÉIA LEGISLATIVA DO ESTADO DE SANTA CATARINA FAZ SABER QUE APROVOU E DECRETOU A SEGUINTE LEI:

Art. 1º Fica aprovada a lei municipal n. 243, da Câmara Municipal de Capinzal, que criou o distrito de Lacerdópolis, com sede na atual vila de Barra Fria à margem do Rio do Peixe.

Art. 2° O distrito criado tem as seguintes confrontações:

a) – confrontações municipais:

1 – com o município de Joaçaba: começa na margem direita do Lajeado Pato Roxo, onde se encontra o marco divisório das propriedades agrícolas dos srs. José Francisco de Barba com o sr. Ângelo Timbola; daí pelo Lajeado abaixo, até sua foz com o Rio do Peixe;

2 – com o município de Campos Novos: começa na foz do Lajeado Pato Roxo, à margem direita do Rio do Peixe; por este abaixo até a foz do Lajeado Canhada Funda;

b) – confrontações inter-distritais:

com o distrito da sede: começa na foz do Lajeado Canhada Funda, à margem direita do Rio do Peixe; daí pelo primeiro acima, até a confluência com o Lajeado dos Porcos; segue por este acima até encontrar a linha demarcatória das propriedades agrícolas entre Vitório Leorato e José Ditadi; daí por uma linha seca semi-reta em direção Norte, ao longo da qual ficam situadas pelo lado Este as propriedades rurais de: Vitório Leorato Afonso Vancin, Santo Bruneto, Pedro Lorenzetti, José Ferradin, Silvestre Lanhi, Abramo Penso, Antônio Perin, Antônio Borsoi, Felix Pissoli, Leonardo Galegari, Olímpio Miqueloto, Waldemar Werner, Luiz Miqueloto, Vva. Simeone Poggere, Ângelo Antonielo e Francisco José de Barba, todos integrados na área territorial do novo distrito, cuja linha divisória tem seu ponto final na margem direita do Lajeado Pato Roxo, que é também o ponto inicial da divisa com o município de Joaçaba.

Art. 3º Esta lei entra em vigor na data de sua publicação, revogadas as disposições em contrário.

Palácio da Assembléia Legislativa do Estado de Santa Catarina, em Florianópolis, 19 de junho de 1957.

RUY HÜLSE

Presidente